Mecânica

Como escolher a oficina mecânica para levar seu carro

Como escolher a oficina mecânica - Petrobras De Carona Com Elas

Você já ficou com receio – ou muitas dúvidas – na hora de escolher uma oficina para levar seu carro? Saiba que você não está sozinha. Quando não conhecemos muito bem um assunto, é normal termos medo de cometer erros. E esse sentimento ganha proporção ainda maior quando se trata do nosso carro, geralmente um bem que foi conquistado com muito esforço e que, além de tudo, precisa garantir segurança de todos os envolvidos no trânsito.

Algumas dicas podem ajudar a tomar a melhor decisão na hora de escolher uma oficina. Vanessa Martins, sócia da Torigoe Oficina Automotiva Sustentável, compartilha recomendações para quem está dando seus primeiros passos como motorista.


A primeira coisa é a indicação. Sempre peça uma recomendação para um amigo ou familiar que já tenha carro. Se uma pessoa de sua confiança indica uma oficina, já é um bom começo,

explica Vanessa.


Reunimos algumas dicas, tanto para quem está buscando uma oficina para fazer revisões ou manutenção, como para quem quer se preparar para uma possível emergência longe da cidade de origem.

Pesquise antes de decidir

Vanessa enfatiza que o melhor mesmo é ir atrás de informações sobre os locais: verifique se a empresa tem site, perfis em redes sociais, e o que dizem sobre ela no Reclame Aqui.

Começando do básico: busque no Google e descubra se a empresa tem CNPJ. Caso não tenha, é possível que seja uma empresa clandestina e não confiável. A empresa deve emitir nota e ter toda a documentação em dia. Ela também deve ter um responsável técnico e seguro empresarial.

Ao chegar no local, observe o atendimento, as certificações, a higiene e a presença de equipamentos como elevadores, scanners e outras ferramentas. “Ative o seu radar 360 graus”, explica Vanessa. É importante que, ao deixar o carro, você receba algum tipo de documentação, que inclua um checklist das condições em que o carro estava quando chegou ao local. Verifique também se a empresa fornece orçamento antes de executar o serviço e como será repassada essa informação.

Ao encontrar um local que você considerar de confiança, lembre-se que a oficina não é um destino para ir apenas quando o carro dá algum problema: “Eu costumo dizer que o custo do cuidado é mais barato que o custo do reparo. Um carro que está com a manutenção em dia dificilmente vai quebrar”, conta Vanessa. Para ela, o ideal é criar uma relação de confiança entre mecânico e cliente, para que o mecânico possa passar orientações e solucionar dúvidas, mesmo por telefone ou redes sociais.


E se for uma emergência?

E o que você deve fazer caso o seu carro tenha algum problema longe de casa? Se estiver com acesso à internet, Vanessa recomenda o mesmo procedimento: buscar informações sobre oficinas próximas. Se preferir, outra dica é procurar um posto de gasolina, como os postos BR, onde os profissionais poderão dar informações, ajudar a resolver problemas simples ou recomendar alguma oficina nas proximidades.

Além disso, é claro, se você já tiver o seu mecânico de confiança, pode fazer contato com ele e pedir um suporte. Quando o motorista tem seguro e pode chamar um guincho, o condutor do guincho também é uma boa fonte de informações sobre prestadores de serviço confiáveis.

Vanessa também dá uma dica importante para todos os motoristas: “As pessoas deveriam ler o manual do carro. A maioria ignora as informações que estão lá, mas é muito importante para entender, por exemplo, o que significam as luzes do painel e saber como reagir.” Quanto melhor você conhecer o seu veículo, melhor você será capaz de lidar com os problemas que podem surgir – e melhor poderá lidar com os profissionais de oficinas.

E você? Já tem o seu mecânico de confiança ou está procurando um? Conte para nós nos comentários!

  • TESTE Você está detonando o pneu do seu carro sem perceber?

    Alguns hábitos aparentemente simples podem diminuir a vida útil do conjunto e fazer com que precisem ser trocados antes do previsto. Será que você faz parte deste time ou está cuidando bem do seu jogo de pneus?

    Faça o teste