Mecânica

Dicas para cuidar do seu banco de couro

Assim como a nossa pele e cabelo, o couro do carro também precisa de hidratação!

Além de dar um ar de sofisticação para o seu carro, o revestimento de couro leva a melhor quando o assunto é praticidade. Quem tem crianças, então, não abre mão. Veja abaixo algumas dicas práticas para prolongar a vida do seu banco de couro tão amado:

Limpe com água e sabão neutro

O sorvete escorreu? Derramou suco? Na maioria das vezes, basta um pano úmido com água e sabão neutro para eliminar até as sujeiras mais resistentes. Quem é prevenido já deixa uma flanela ou toalhinha sempre dentro do carro, né? Para manter os bancos sempre limpos, lembre-se de higienizá-los a cada 15 dias, se o couro for escuro. Se a coloração for mais clara, a frequência deve ser maior. Sempre que lavar o carro por fora, não esqueça de fazer uma limpeza interna no veículo.

Para amenizar odores: bicarbonato de sódio

É comum o couro apresentar um odor mais forte depois de muito tempo de uso, principalmente se crianças e animais forem passageiros frequentes. Para amenizar o mau cheiro, misture um pouco de bicarbonato de sódio na água e limpe com esponja de cozinha ou uma toalha.

Hidratação é indispensável

Geralmente, o excesso de exposição ao sol, o uso do ar-condicionado e a baixa umidade do ar desbotam e ressecam o tecido (mesmos fatores que provocam o ressecamento da nossa pele). Em regiões mais quentes, como Norte e Nordeste, onde o ar-condicionado é utilizado praticamente o ano todo, recomenda-se hidratação de dois em dois meses. Nas regiões mais frias, a cada seis meses já é o suficiente.  

No mercado, é possível encontrar hidratantes de couro de diversas faixas de preço e até estabelecimentos que realizam o serviço. Se optar por uma solução caseira, saiba que você pode, sim, usar o hidratante corporal que já tem em casa, mas atenção: limpe os bancos com um pano úmido e seque com uma toalha seca, antes de aplicar o hidratante. Os hidratantes próprios para o couro já possuem a função limpante, dispensando uma limpeza prévia.  

Lustra-móveis e produtos a base de silicone não são indicados, pois podem deixar o assento escorregadio e pegajoso.

Descascou. E agora?

Banco de couro descascado é um verdadeiro pesadelo para qualquer dono. Além da aparência de desleixo, é desconfortável e acaba gerando cada vez mais sujeira. E pensar que um pouquinho de cuidado já impediria esse problema, hein?

Se arranhou, ressecou, rasgou, é possível trocar só a peça danificada, já que o revestimento é costurado por pedaços. O melhor é encaminhar pela própria fabricante, já que alguns bancos são equipados com airbags laterais e devem ser trocados por uma equipe especializada. É a sua segurança em jogo, certo?

Couro ecológico precisa de mais cuidados?

Sim. O couro ecológico exige mais atenção do proprietário, uma vez que é mais frágil e está mais exposto a danos como ressecamento. Se evitar exposição ao sol e investir em produtos próprios para a hidratação do revestimento, não terá problemas.

  • Mecânica 5 dicas para prolongar a vida útil do ar condicionado do seu carro

    Saiba mais
  • Viagens Por que viajar de carro sozinha pode mudar a sua vida?

    Saiba mais