Mecânica

É seguro? Vale a pena? Tire suas dúvidas sobre GNV

Muitas perguntas ainda surgem quando o assunto é GNV. Será que é mesmo seguro? Vale à pena do ponto de vista econômico? Conversamos com o Consultor Sênior da Petrobras Distribuidora Antonio Alexandre Correia para esclarecer dúvidas comuns e perguntas enviadas pelas mulheres que fazem parte da comunidade Petrobras De Carona com Elas no Facebook.

 

O GNV é a sigla que representa o Gás Natural Veicular, que “nada mais é do que fazer o

abastecimento de veículos utilizando-se gás que existe na forma natural em poços de petróleo, em alta pressão (200 bar)”, esclarece Antonio. Apesar do GNV estar disponível em grande parte dos postos de combustível no Brasil, ainda há uma certa resistência ao uso desse combustível.

Uma das perguntas que as pessoas mais se fazem ainda é “usar GNV é seguro?”. Antonio explica que os riscos são mínimos, desde que o abastecimento seja feito em locais certificados e por profissionais qualificados. “É importante salientar que para que o uso de GNV seja perfeitamente seguro é necessária a utilização de equipamentos homologados e que a instalação desses equipamentos seja feita em locais credenciados para tal.” Ou seja: nada de levar o carro em qualquer lugar para fazer esse tipo de abastecimento.

 

 

Para começar a usar o GNV, o veículo precisa receber um kit especial. O consultor alerta que a maioria dos carros pode instalar o kit para receber esse tipo de combustível, mas podem existir exceções.

Você pensa em dar uma chance ao GNV, mas tem dúvidas sobre o investimento? Uma versão de quinta geração, a mais moderna da categoria, custa entre R$ 4,5 mil e R$ 5 mil reais. Para tomar uma boa decisão, Antonio recomenda que você leve em consideração outros fatores além do custo de instalação: quanto mais você roda com o veículo, mais a troca é vantajosa. Calcule qual seria o custo de rodar com GNV e compare com o custo de rodar com gasolina ou etanol. Além disso, coloque no papel os custos com manutenção, já que o consumo de pneus, molas e freios geralmente é maior com GNV. Por outro lado, há redução do valor do IPVA. Coloque tudo no papel e analise com muita atenção.

Com o kit no carro, ainda é possível rodar com outros combustíveis? Antonio explica que sim: “quando se faz a conversão para o uso de GNV, o veículo mantém as características de uso de um combustível líquido (gasolina ou etanol). Como o sistema original permanece, periodicamente, é necessário o uso de um combustível líquido para o funcionamento e manutenção do sistema original do veículo”. O recomendável é usar combustível líquido no momento da partida, até que o motor atinja a temperatura normal de funcionamento, e alguns minutos antes do desligamento dos motores.

 

 

Como as dúvidas são muitas, o consultor respondeu também a perguntas enviadas pelas nossas leitoras. Confira as respostas para garantir que você tem todas as informações que precisa sobre o uso de GNV.

 

Por que a indústria automotiva não insere o GNV nos carros já na fábrica, já que se trata de um combustível mais econômico?

Resposta: Já houve opção de veículo equipado de fábrica com esse equipamento, porém não caiu no gosto popular. Ele fazia a troca de combustível (gasolina/gás/etanol) de acordo com a necessidade do veículo. Nem sempre o carro rodava só no gás, como desejava a maioria dos usuários, para ter o menor custo possível com o veículo. Devido a esse fato, e ao maior preço do veículo, ele não é mais fabricado.

 

Meu carro tem a opção do GNV. Dirijo normalmente, mas o carro sempre “morre”, então prefiro não usar. Alguma dica?

Resposta: Isso acontece devido a alguma desregulagem do sistema ou à utilização de um kit gás incompatível com a tecnologia do veículo. Veículos mais modernos precisam utilizar kits gás de geração mais moderna.

 

É verdade ou mito que o gás resseca as peças do motor?

Resposta: É fato que ocorre um maior desgaste das peças do motor, devido à menor “lubricidade” do gás. Por isso, reforçamos que o uso de gás deve ser muito bem pensado, para que possa compensar financeiramente. O gás não é uma opção viável financeiramente para veículos que rodam pouco.
Qualquer que seja sua decisão, saiba que nos Postos Petrobras você encontra todas as opções de combustíveis com qualidade certificada. Além do tanque cheio, você sai de lá com a certeza de quem tem a segurança, tecnologia e desempenho que você precisa para curtir o caminho, onde quer que você vá. Pode ir tranquila!

  • DICA De carona com elas, mesmo: apps de transporte só para mulheres

    Saiba mais