No Volante

Tudo o que você precisa saber antes de alugar um carro

Férias com a família, roadtrip com os amigos ou mais independência para se locomover no destino. Seja qual for a sua motivação para alugar um carro, você certamente se fez uma série de perguntas antes de tomar a decisão. Apesar da praticidade para ir e vir, alugar um carro requer uma série de cuidados. Confira abaixo tudo o que você precisa saber para evitar qualquer problema e curtir o passeio sem estresse.

Programe-se e pesquise

A regra número um é se programar e não deixar a suas férias dependerem da sorte.  Além de fazer uma minuciosa busca na web pelas opções de locadoras e listar as que melhor se encaixam no seu perfil, pergunte aos amigos sobre boas experiências em locação de carros. No caso de alguém ter algum relato negativo, não quer dizer que você também vai ter uma experiência ruim, mas é bom ficar de olho, certo? Muitas locadoras possuem lojas em aeroportos e rodoviárias, mas fazer a escolha de última hora pode ser arriscado. Você pode acabar pagando mais caro ou frustrando os planos da viagem. Pra não correr esse risco, nossa dica é: pesquise, pesquise e pesquise!

Documentos

Os documentos necessários podem variar de uma locadora para outra. Algumas pedem apenas Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e cartão de crédito. Outras pedem ainda que a CNH tenha sido emitida há, no mínimo, dois anos e que o locatário tenha “nome limpo” na praça. Mais uma vez, vale a pena pesquisar antes pra evitar qualquer transtorno.

Vai viajar em alta temporada? Antecipe a sua reserva

Quem planeja uma viagem entre amigos ou em família, deve se programar. “De uma maneira geral, na alta temporada (dezembro e janeiro), os veículos mais procurados são os que comportam um maior número de pessoas, como Doblo ou Spin”, comenta Lorena Campolina, assessora de comunicação da locadora de veículos Localiza Hertz. Mais pessoas, mais bagagem. Ou seja, antecipando a sua reserva você garante um carro adequado à sua necessidade e a de seus companheiros de viagem.

Vai rodar muito ou pouco? Isso influencia na cobrança
As locadoras, em geral, possuem duas formas de cobrar: por diária ou quilometragem. Se você vai usar muito o carro para ir de um lugar a outro, como, por exemplo, uma viagem pelas praias do litoral paulista, o ideal é optar pela diária. Mas se você vai até uma cidade e não pretende se deslocar muito, opte pela quilometragem. Dessa forma, você não tem gastos desnecessários.

Precisa de cadeirinha para criança? GPS? Solicite adicionais

As locadoras oferecem adicionais conforme a necessidade dos clientes. Faça uma lista das suas necessidades e verifique o que já está incluso e o que solicitar como extra.

Contrate um seguro

As locadoras oferecem diferentes opções de seguro com coberturas desde as mais simples às mais completas. Analise o que é oferecido e escolha o que mais atende a sua necessidade. Mas não deixe de contratar o seguro para economizar pois isso pode acabar custando caro mais tarde. Você não vai querer uma dor de cabeça que poderia ter sido evitada, certo?

Fique de olho nas vistorias

Antes de retirar o carro e após a entrega é realizada uma vistoria assistida pelo locatário. A vistoria avalia as condições em que o carro é entregue ao contratante do serviço de locação, listando diversos itens como condições dos pneus, arranhões, amassados, lanternas, etc. No retorno, ele é novamente avaliado para verificar se houve algum dano. Fique atenta para evitar cobranças indevidas e lembre-se que, normalmente, as locadoras cobram uma taxa de lavagem caso o veículo seja devolvido sujo.

Leia o contrato e leve-o sempre na bolsa

Você deve estar cansada de saber que deve sempre ler com atenção qualquer documento antes de assinar. Um contrato de locação de carro não é diferente. Seja responsável e faça uma leitura detalhada.

A relações públicas e empresária Luciana Manenti Saraiva, de 34 anos, não teve tanta sorte na locação: “Demoraram muito para aprontar o carro, cheguei lá e estavam lavando ele ainda. Quando me entregaram, percebi que estava caindo aos pedaços”, conta.

É responsabilidade da locadora entregar o carro limpo, com o tanque cheio, em perfeitas condições de funcionamento e segurança, com todos os equipamentos e documentos exigidos pelo Código de Trânsito. No momento do check-list, se achar que o carro não responde a um desses requisitos, você pode recusá-lo e solicitar estorno do valor pago, caso o mesmo já tenha sido pago pela internet.

Encher o tanque para devolver
Se você saiu da locadora com o tanque cheio, complete-o antes de devolver. Você até pode devolver o carro sem encher o tanque, mas corre o risco de pagar mais caro pelo serviço. As locadoras, em geral, utilizam uma tabela própria sobre valores de abastecimento na hora de fazer a cobrança.

Seja sozinha, com amigos ou em família, de férias ou a negócios, alugar um carro pode ser uma alternativa mais econômica e que, ao mesmo tempo, oferece a você mais autonomia. Está convencida de que é um bom negócio? Então não deixe de voltar aqui depois da sua experiência e deixar um comentário contando como foi!

  • Viagens Primeira viagem longa como motorista? Veja como se planejar

    Saiba mais
  • No Volante O que é direção defensiva e por que é importante?

    Saiba mais