Quem é a Liv, a apresentadora-mirim do talk show mais inspirador da internet

Liv, aos 5 anos, faz muita coisa que outras crianças da mesma idade fazem: vai à escola, brinca com os amiguinhos, conversa, joga videogame. É uma menina doce e cheia de energia. “Ela é um pouco envergonhada, mas quando está na frente da câmera, se solta mais. É engraçado, né?” – quem descreve, sem esconder o orgulho, é o pai, Tiago Lima. O fã-clube vai muito além da família: a página Meu nome é Liv, criada em julho de 2017, já passa de 100 mil curtidas no Facebook.

Estar em frente à câmera sempre foi uma diversão: “A mãe filmava ela para postar no Instagram ou no Snapchat” – até aqui, nada de diferente de tantos outros pais que você conhece, não é mesmo? A história mudou depois de um dia em que a menina chegou em casa chateada porque outras pessoas confundiam seu nome – a chamavam de Lívia, e não Liv. “Eu estava com o violão na mão e tentei acalmá-la tocando, fazendo uma música. Fizemos aquele vídeo e postamos no YouTube. Falaram para eu fazer um canal, mas eu fiquei com um pouco de preguiça e não achei que daria certo”.

 

Quis o destino que, um mês depois, Tiago precisasse passar dois meses parado, recuperando-se de uma lesão sofrida em um jogo de futebol: “Aí eu perguntei se ela queria fazer o canal, ela disse que sim. Comprei uma câmera, aprendi a filmar e editar. Quando fizemos o vídeo sobre os brinquedos, passou de 1 milhão de visualizações, eu até pensei que tinha dado um problema na página do Facebook”, diverte-se. Não tinha problema nenhum, é claro. Os números são apenas o reflexo do talento e do carisma de Liv.

Depois de publicar um vídeo em que listava seus brinquedos favoritos, Liv conquistou corações dentro e fora da internet: virou notícia em sites, foi convidada para programas de TV e até para um filme! Em pouco mais de seis minutos, a menina mostrou que é expert quando o assunto é brincadeira de criança, provando pelo próprio exemplo que os brinquedos não precisam criar barreiras entre meninos e meninas: o que importa mesmo é diversão. Ela adora bonecas de desenhos de princesas tanto quanto o do super-herói que, depois de salvar o mundo, chega em casa e precisa preparar o jantar. Liv se diverte lutando judô, mas também adora as aulas de ballet. Na escola, é apaixonada pelas aulas de culinária, mas também não perde a oportunidade de apostar corrida (não é à toa que ela imita a pose de comemoração do campeão olímpico de atletismo Usain Bolt e que seu boneco favorito é o personagem de videogame que tem como super poder a alta velocidade!).

Ela sabe – e deixa bem claro! – que pode brincar do que quiser e que, da mesma forma, no futuro, poderá ser o que escolher. Por isso, é a estrela da campanha “Ela vai dirigir o que quiser”: aos 5 anos, Liv é um exemplo para crianças e pessoas de todas as idades que acreditam que nada é mais importante do que buscar a felicidade. Na websérie De Carona com a Liv, a menina conversa com Vera Egito, diretora e roteirista, Vanessa Martins,  dona de uma oficina sustentável, e Cristina Rosito, piloto de diversas modalidades de automobilismo. A apresentadora-mirim e suas convidadas se divertiram trocando ideias sobre brincadeiras de infância e, claro, profissões.

Quem poderia ser melhor do que ela para apresentar esse talk show com convidadas que são mulheres tão inspiradoras? Além de se divertir em frente às câmeras, a pequena Liv dá um show quando o assunto é empoderamento feminino, inspirando principalmente meninas e mulheres a enxergar o mundo como um universo de possibilidades. Virar policial, bombeira, dentista ou enfermeira? Seus sonhos não têm barreiras, e as mulheres que Liv conheceu são mestres em dirigir a própria vida, mesmo enfrentando os desafios de atuarem em áreas tradicionalmente mais masculinas.

Para os pais da Liv, é motivo de orgulho que a filha participe de uma campanha que tem tudo a ver com o que a menina sempre defende em seus vídeos:

“A Liv tem tudo a ver com isso. Com apenas 5 anos, ela tem a liberdade de escolher com o que brincar, o que vestir – não deve ser a sociedade que deve impor isso, e sim o seu próprio coração! Ficamos ainda mais felizes de ela ter a oportunidade de conhecer mulheres tão esforçadas e, com certeza, se inspirar nelas”, conta Victoria Backer, a mãe da Liv.

o pai também celebra e reconhece a importância de ver a filha participar de uma campanha como essa, conhecendo mulheres tão diferentes, com profissões tão interessantes:

“Essa campanha só está mostrando que as mulheres têm o direito, o poder e a capacidade de fazer o que quiserem. Sabemos que não existe igualdade no mercado de trabalho. E eu me preocupo muito com as oportunidades que a minha filha vai ter quando ela crescer”.

 

O Seja qual for o caminho que a Liv escolher, a verdade é que hoje ela já tem um impacto muito positivo na vida de milhares de pessoas, falando de coração sobre como é importante (e divertido!) ser uma menina que vive plenamente, sem barreiras, a infância, suas brincadeiras e seus sonhos.

Nós também estamos encantados e muito animados em poder propagar esta mensagem ao lado de uma menina tão autêntica. A Liv e nossas convidadas nos fazem acreditar que sim, “Elas podem dirigir o que quiserem”. <3

Assista aos episódios do talk show Petrobras De Carona Com A Liv!

  • MINHA HISTÓRIA Ela realiza no transporte aéreo o sonho de ter uma carreira desafiadora e ajudar pessoas

    Dativa Vitória da Silva sempre se inspirou em mulheres que rompem barreiras e hoje é aviadora da Força Aérea Brasileira

    Saiba mais
  • PARCEIROS Carrinho também é coisa de menina

    Saiba mais
  • CAMPANHA Ela Vai Dirigir O Que Quiser

    Saiba mais